terça-feira, 21 de novembro de 2017

Dia da Consciência Negra


Para mobilizar e refletir sobre o tema a equipe escolar elaborou algumas atividades: teatro, danças, acalantos, debates e apresentação de capoeira com o mestre Eddy.
Desta maneira procurou-se perceber preconceitos tratados como normais e que fazem parte do nosso cotidiano não percebendo como o ato de racismo. Tentando observar que nossas atitudes são cheias de preconceitos, pois somos acostumados a conviver com determinados comportamentos, não notamos o quanto uma atitude pode ser violenta, racista e cheias de coisas ruins que dizemos ser normal.
Essas e outras discussões fizeram parte do nosso dia, “ DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA”.




quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Soletrando

No último mês de outubro tivemos as finais escolares do 3º ENGLISH SPELLING, classificando de cada escola três alunos.
Nossa escola teve como finalistas:
1º Bruna
2º Suyanne
3º Jaíne
Que além de receber um prêmio simbólico pela participação ainda saíram com uma bagagem de novos vocabulários.
"O Inglês tem se expandido e todos sabemos a sua importância, com esta prática escolar tentamos incentivar mais alunos pelo gosto do idioma."
When you believe, you can do it.

Professora Fabiana das Graças Oliveira


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Parabéns diretores!


Hoje queremos agradecer por todo o  esforço na direção e no cuidado com a nossa escola. No empenho diário de sempre darem o melhor para a nossa organização, para o desenvolvimento dos alunos e para o bom ambiente que se faz presente na escola. Obrigado pela determinação, dedicação incansável, responsabilidade e tudo aquilo que faz de nossa escola um lugar tão próspero e especial. 

Parabéns Diretores pelo seu dia!


quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Cultura Africana

Neste dia as crianças do Pré II "A e B" aprenderam um pouco sobre a culinária Africana, colocando em prática a elaboração da receita do Tareco. A proposta do trabalho é o contato das crianças com o gênero textual receita e a aproximação da cultura do povo africano.
Levamos para a sala de aula os ingredientes e instrumentos necessários para fazer a receita, onde as crianças observaram as quantidades necessárias de cada ingrediente, em seguida levamos na cozinha para assar e degustamos o nosso tareco.
Foi muito divertido!

Professora Karina Machado


PROJETO RECICLANDO ALIMENTOS NA ESCOLA

JUSTIFICATIVA

O Projeto Reciclando Alimentos na Escola tem como objetivo proporcionar aos alunos do ensino fundamental anos finais o conhecimento prático, sobre os cuidados com o solo, a produção de alimentos, os tipos de solo, sobre as estações climáticas, minhocário¹, importância da preservação do meio ambiente. Além de reforçar e enriquecer a merenda escolar e resgatar o plantio de horta doméstica, colocando o aluno em contato com a terra permitindo a interatividade da ação educacional na relação direta com o fazer e as relações do homem com a terra.
A disponibilidade de diferentes tipos de hortaliças produzidas na horta escolar motiva o hábito de consumi-las regularmente, resultando no fornecimento de sais minerais e vitaminas que o corpo humano necessita.
Optamos por usar minhocas por que as mesmas realizam um trabalho de reciclagem da matéria orgânica auxiliando na compostagem e produzindo húmus (adubo orgânico), próprio para a agricultura orgânica. Além de ajudar a melhorar as condições físicas e químicas do solo sem contaminar e degradar o meio ambiente como ocorre com a maioria das técnicas convencionais usadas na produção de adubos e alimentos.
A construção de minhocário permitirá com que seus alunos conheçam uma representação do hábitat, características e condições de sobrevivências destes animais.


OBJETIVOS GERAL

Implantar a horta escolar e um minhocário de forma interdisciplinar e vivenciada, onde a natureza possa ser compreendida como um todo dinâmico e o ser humano como parte integrante e agente de transformação do meio em que vive.

Objetivos específicos

  • Fornecer aos alunos conhecimentos teóricos e práticos sobre tipos de solo, composição, necessidades nutricionais das plantas através da construção coletiva da horta, servindo também como estímulo para melhorar ou construir sua horta familiar;
  • Despertar nos alunos o interesse e a valorização da horta escolar e através dela, difundir e estimular a cultura de hortaliças na comunidade;
  • Oportunizar aos alunos momentos de aprendizagem além da sala de aula como atividades lúdicas;
  • Produzir as hortaliças para a complementação da merenda escolar através da horta na própria escola e servindo como poderoso instrumento didático;
  • Criar um ambiente de interação que propicie o desenvolvimento no aluno da capacidade de trabalhar em equipe e familiarize com os processos de planejamento e execução de projetos.
  • Produzir adubos orgânicos com os restos de alimentos da merenda escolar para ser utilizado na horta escolar.
  • Ensinar os alunos a realizar a compostagem do material orgânico gerado na escola dando destino correto a estes resíduos.
  • Trabalhar temas como: anatomia da minhoca e dos seres vivos envolvidos no processo de decomposição, produção de chorume e usos desse material, adubação orgânica e a importância da minhoca para as plantas em geral.
  • Conscientizar a comunidade escolar da importância de se dar destino certo aos resíduos.
Professor Mário Gustavo De  Araújo Carvalho